23/05/2018

Anos marcantes da Fórmula 1

Por João Carlos, João Felipe e Miguel (8º ano)

Fórmula 1 é categoria mais popular do automobilismo mundial. O esporte é marcado por temporadas com diversos acontecimentos importantes. Separamos alguns desses momentos abaixo.

Em 1987, Nelson Piquet ganhou o seu terceiro título, vencendo uma disputa interna com os pilotos Nigel Mansell, da Inglaterra, e Ayrton Senna, seu compatriota.

O ano de 1994 foi o ano do horror na Fórmula 1, com vários acidentes, principalmente com os acidentes fatais de Ayrton Senna e Roland Ratzenberger. Nessa temporada, Michael Schumacher ganhou o seu primeiro título, sendo a primeira vitória da Ferrari depois de quatro anos de jejum. 

Carro de Ayrton Senna em 1994

Em 2000, Barrichello foi o primeiro brasileiro vencer uma corrida depois de 7 anos. A última tinha sido a do mito Ayrton Senna em 1993. Esse ano é também o ano do terceiro título de Schumacher e o da ultrapassagem história de Hakkinen sobre Schumacher na Bélgica. 

O ano de 2003, em contrapartida aos anteriores, foi um ano bastante complicado para a Ferrari por causa do lançamento do carro modelo 2003. Schumacher batalhou pelo título com Raikkonen e Montoya, mas só levou o hexacampeonato devido à vitória de Rubinho. Nesse ano, o piloto alemão conquistou o hexacampeonato, superando o recorde de 47 anos do piloto argentino Juan Manuel Fangio.  

O piloto alemão Michael Schumacher

Em 2006, Schumacher fez sua última temporada na Ferrari e foi o ano da última vitória do alemão na Fórmula 1. Também em 2006 foi a primeira vez em que um brasileiro, Felipe Massa, venceu o GP do Brasil depois de 13 anos. A última vez havia sido com Ayrton Senna, em 1993. Esse também foi o ano do bicampeonato de Fernando Alonso.

Felipe Massa comemorando a vitória no GP do Brasil

Em 2014, a Fórmula 1 teve outro bicampeão, o piloto Lewis Hamilton. Também teve a estreia de Felipe Massa na Williams, a lembrança de 20 anos da morte de Ayrton Senna e a volta das pistas Spielberg, na Áustria e Sochi, na Rússia à competição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião, ela é muito importante para nós!